“Sextas Açorianas” levam ao foyer do Coliseu Micaelense artistas e música dos Açores

coliseu micaelense No âmbito da comemoração do 100º aniversário do Coliseu Micaelense, o projecto “Sextas Açorianas” insere-se na agenda cultural do mês de Junho e visa valorizar a música dos Açores e, ao mesmo tempo, projectar os artistas locais, num espaço emblemático e de fortes afinidades como é o foyer do Coliseu Micaelense.

Em formato café-concerto, de entrada livre, o projecto envolve, nesta primeira fase, cinco bandas musicais locais que difundem e partilham a sua música junto de um público que procura a identidade e a diferenciação na qualidade artística dos músicos regionais.

Conforme se pode ler na nota enviada às redacções, “depois do sucesso dos primeiros eventos, com o consagrado artista Luís Alberto Bettencourt, a 2 de Junho, e da banda The Code, a 9 de Junho, ambos com casa cheia, o projecto também inclui as participações de Vânia Dilac & the soulmates com “Meaning of the Blues”, a Banda.com e Sara Cruz, a 16, 23 e 30 de Junho, respectivamente”.

Segundo o Director-Geral do Coliseu Micaelense, esta iniciativa “é um dever público do Coliseu para com os artistas açorianos, dada a sua missão como uma casa de espectáculos versátil e para todos, sem excepção”. Acrescenta Miguel Brilhante que “estas são as primeiras cinco bandas de muitas que desejamos inserir neste projecto que, após dois concertos, já demonstrou ser uma aposta ganha não só na sua essência – a promoção dos nossos artistas – mas também na sua dinâmica cultural e turística, contribuindo claramente para a estratégia integrada que tem vindo a ser desenhada pelo município de Ponta Delgada presidido por José Manuel Bolieiro”.

“Sextas Açorianas” é um projecto em co-produção com a empresa local RCEventos, é de entrada gratuita, limitado aos lugares disponibilizados para o efeito.