Governo Regional vai investir mais de 1 ME na sinalização horizontal das estradas açorianas

estrada relva O Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas anunciou ontem que o Governo dos Açores vai investir 1,1 milhões de euros na sinalização horizontal em estradas de todas as ilhas dos Açores, dando seguimento ao trabalho desenvolvido no âmbito da rede viária do arquipélago.
Vítor Fraga frisou que este investimento visa “aumentar as condições de circulação e segurança” nas estradas dos Açores.
O titular da pasta das Obras Públicas falava na inauguração da obra de reabilitação e beneficiação do troço da Estrada Regional n.º 1 - 2.ª entre Limeira e Porto Afonso, na Graciosa, salientando que esta obra “materializa também o compromisso assumido pelo Governo dos Açores com vista à melhoria das acessibilidades das vias publicas, das condições de mobilidade e a qualidade de vida dos açorianos”.
Na sua intervenção, Vítor Fraga assegurou que o Governo dos Açores continua empenhado em “cumprir os compromissos assumidos, que passam pela rentabilização dos recursos da Região, pela qualificação de infra-estruturas publicas, valorizando assim, igualmente, o nosso património”.
O Secretário Regional salientou que o projecto de reabilitação do troço de estrada regional entre Limeira e Porto Afonso “veio dar voz às solicitações dos Graciosenses”, considerando que lhes “era devido o melhoramento da rede viária, na intervenção nos circuitos logísticos terrestres de apoio ao desenvolvimento, em particular nesta zona da ilha”.
Nesse sentido, afirmou que a intervenção nesta via “tornou-se uma prioridade, tendo-se desenvolvido ao nível da pavimentação, sinalização, equipamentos e segurança, tornando mais cómoda e mais segura uma das vias que é, sem dúvida alguma, uma das mais emblemáticas na rede viária regional na ilha Graciosa”.
A empreitada de reabilitação e beneficiação deste troço de estrada, com uma extensão de cerca de 10 quilómetros, decorreu em três fases, tendo a primeira contemplado o troço entre a Serra Branca e a Limeira, enquanto a segunda fase que teve lugar entre a Serra Branca e a Rotunda da Ribeirinha e a terceira abrangeu o troço entre a Rotunda da Ribeirinha e o Porto Afonso.
A obra, que teve uma duração de cerca de 300 dias, cumprindo os prazos estabelecidos, representou um investimento de cerca de um milhão de euros.
A inauguração ontem realizada assinala também a conclusão da empreitada de pintura termoplástica a quente na Graciosa, envolvendo “a pintura de sinalização horizontal nas vias regionais da ilha, contemplando a quase totalidade das estradas regionais, permitindo assim aos condutores uma circulação nas devidas condições de segurança”, afirmou o Secretário Regional.