Ex-Embaixador dos EUA desmente que Delta tenha vindo para S. Miguel à custa das Lajes

robert shermanO ex-Embaixador dos EUA em Lisboa, Robert Sherman, desmente que a Delta Airlines tenha criado a operação entre Nova Iorque e Ponta Delgada, como medida compensatória pela redução da presença americana na Base das Lajes.

Num carta enviada ao nosso jornal, Robert Sherman refere-se a notícias postas a circular recentemente, sobretudo por jornais da Terceira, de que a o ex-Embaixador teria escrito no seu recente livro que a Delta teria vindo para S. Miguel à custa das Lajes, esclarecendo que “isso é absolutamente falso”. 

“Nunca disse ou insinuei tal coisa. Já não era o Embaixador na época em que foi tomada a decisão e nunca participei em nenhuma reunião com a Delta ou com qualquer outra autoridade dos EUA, sobre voos para os Açores. Na verdade, só tomei conhecimento da decisão da Delta quando esta foi anunciada publicamente”, escreve o ex-diplomata na missiva enviada ao Diário dos Açores.

“Não obstante estar bastante feliz com o aumento do turismo nos Açores oriundo dos EUA, o que é excelente para ambos os países”, Robert Sherman diz-se “desiludido com a forma irresponsável” como aquelas notícias foram divulgadas. 

“Assim, solicito o favor de se retratar em relação a estas inexactidões, com o mesmo destaque que foi dado à sua reportagem”, pede o ex-Embaixador, referindo-se às notícias divulgadas pelo Diário Insular.